Campanha Março Amarelo Pet 2020

Medida pode contribuir com a prevenção e combate a ocorrência de doenças renais

Difundida no mundo inteiro, a campanha do Março Amarelo foi idealizada com o intuito de conscientizar os tutores sobre a ocorrência da insuficiência renal em pets, principalmente a doença renal crônica (DRC), que acomete com frequência cães e gatos.  Além disso, busca reforçar a importância das visitas frequentes ao veterinário, como forma de prevenir e antecipar a ocorrência desses quadros.

Para Carla Coiro, coordenadora de desenvolvimento de produtos pet da Vetnil, a principal forma de prevenção é o diagnóstico precoce por meio do acompanhamento veterinário, o que permite a instauração do tratamento mais adequado, conferindo bem-estar e longevidade aos animais acometidos. “O veterinário não irá impedir que o pet desenvolva a doença, porém ele poderá realizar exames específicos que diagnostiquem o problema antecipadamente e, com isso, indicar o tratamento necessário desde cedo, impedindo a evolução da doença, que é progressiva e pode ser fatal”, afirma. 

O tutor também deve ficar atento a qualquer mudança de comportamento do pet que possa indicar esta enfermidade. Dentre os sintomas, Carla destaca: aumento da produção de urina, aumento da sede, anorexia, perda de peso, letargia, vômito, diarreia e desidratação. “Nos estágios iniciais os sinais são bastante inespecíficos, mas exames adequados conseguem indicar ao veterinário e direcionar os próximos passos a serem realizados nesses pacientes”, explica a veterinária. Outro sintoma comum, segundo ela, é a hipertensão arterial sistêmica, que pode ser um fator agravante. É importante ainda ressaltar que o tratamento nos estágios iniciais permite uma sobrevida mais longa em comparação a estágios avançados da doença, em que o comprometimento renal é maior (cerca de 75% dos néfrons acometidos, que são as estruturas anatômico-funcionais dos rins).No geral, doenças renais acometem de 0,5% a 1,5% da população de cães e de 1% a 3% da população de gatos.

Entre as raças mais propensas a problemas nos rins estão o Maine Coon, Abissínio, Siamês, Russian Blue e Burnese, para gatos, e diversas raças de cães como Beagle, Sharpei, Cocker Spaniel, Doberman Pinscher, Golden Retriever, Shih Tzu, Boxer, Buldogue, Poodle e Pastor Alemão. No entanto, é importante que independentemente da raça, todos os animais tenham a saúde acompanhada de perto por profissionais de área, com avaliações de rotina realizadas pelo Médico veterinário.

Sac Brasil: 0800 0109 197 Internacional: 55 19 3848-8500

Av. José Nicolau Stabile, 53 – Burck |
Louveira – SP – CEP: 13290-000 | vetnil@vetnil.com.br

Copyright © 2022 Vetnil - Parceira de quem Cuida | All Rights Reserved
logo Agência