RETOMADA DO MERCADO EQUESTRE

Seguimos com um ano atípico, mas com expressivos índices de crescimento da equinocultura

 

O ano está acabando, e podemos dizer que, mesmo permanecendo em um período atípico, com a pandemia de Covid-19, o mercado equestre mostrou a sua força. Isso porque com a rápida retomada das competições e o novo formato de leilões, a equinocultura apresentou ótimos índices de crescimento.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBEGE, divulgados em outubro de 2021, o rebanho equestre nacional aumentou em 1,9% em 2020. A pesquisa aponta ainda que foram contabilizados 5.962.126 animais no país.

E, se tratando dos eventos, que foram retomados quase 100% em 2021, o aumento foi significativo, já que as pessoas envolvidas no meio sentiram falta das competições.

Esse aumento esteve presente em todas as raças, como no caso do Quarto de Milha, que registrou um total de 19.643 inscrições, aumento de mais de 34%, levando em consideração o Campeonato Nacional e Potro do Futuro de 2021, em comparação com 2020. E, ainda, com premiações que ultrapassaram os R$ 4 milhões.

No Mangalarga Marchador também houve crescimento. De acordo com a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), em 2020 foram realizados 149 eventos, entre os quais as tradicionais Copa da Marcha e as Exposições. Já em 2021, foram 220 eventos, mostrando aumento de 47%.

E, se as competições cresceram, os leilões também não ficaram para trás. Mesmo em formato virtual, os pregões tiveram aumento significativos, fortalecendo a cadeia produtiva do cavalo. Um exemplo disso é a Vaquejada, que registrou um movimento de cerca de R$ 800 milhões no ano, contribuindo também na geração de empregos, sendo mais de 20 mil empregos diretos e 600 mil indiretos.

Um fator importante para este crescimento e fortalecimento do mercado equestre, mesmo em pandemia, são as parcerias que acreditam na força do cavalo. A Vetnil faz questão de reforçar que acredita e aposta no segmento equestre e, por isso, a empresa se faz presente através de parcerias com diversas associações e presença em competições de diferentes modalidades.

Em 2021, a Vetnil esteve presente junto às cabanhas gaúchas, no Freio de Ouro, e aos grandes haras do Mangalarga Marchador, no calor de Salvador. A empresa participou também dos grandes eventos da raça Quarto de Milha em suas inúmeras modalidades concentrados na cidade de Araçatuba, além do Potro do Futuro da Vaquejada em Sergipe

Ainda, esteve presente na maior corrida do Jockey Club de Sorocaba (JCS), GP Mega Race e realizou sua tradicional Calçada da Fama do JCS, homenageando os melhores das estatísticas de 2019.  A empresa também deu um Salto, e se fez presente no XTC Longines e no Festival Nacional do Cavalo Brasileiro de Hipismo.

Além das competições equestres, a Vetnil reforçou o seu compromisso com conhecimento sobre a saúde e o bem-estar animal prestigiando cursos e congressos veterinários, como o Xeque-Mate da Equarter, Cursos do Horse Center, ABRAVEQ e SIMCAV.

A empresa também participou com exclusividade da produção e lançamento do Manual de Boas Práticas para o Bem-Estar do Cavalo nas Terapias e Atividades Assistidas com Equinos, de autores Syllas Jadach, Fernando Janh Bessa, Giulia Franchini Petrillo e Denise Pereira Leme. O bem-estar animal, como área de estudo, está em ascensão e tem grande potencial de investimento da empresa.

“De modo geral, foi um ano difícil, para todos. Mesmo assim, os esportes equestres conseguiram uma retomada com força e segurança, seguindo todos os cuidados necessários. Tivemos números expressivos em todos os eventos realizados neste ano e a Vetnil aposta na retomada total, com altas expectativas para 2022”, finaliza Cristiano de Sá, Diretor de Marketing da Vetnil.

Sac Brasil: 0800 0109 197 Internacional: 55 19 3848-8500

Av. José Nicolau Stabile, 53 – Burck |
Louveira – SP – CEP: 13290-000 | vetnil@vetnil.com.br

Copyright © 2022 Vetnil - Parceira de quem Cuida | All Rights Reserved
logo Agência